Topo

Você já pensou em desistir?

Você já pensou em desistir? Todos nós passamos por problemas e dificuldades. Uns maiores, outros menores, mas a verdade é que todos nós enfrentamos nossas lutas diárias.

De quatro em quatro meses minha mãe tem consulta médica aqui em São Paulo por conta de um câncer que ela teve no intestino – já contei em um outro post aqui no blog, se você não leu e quiser conhecer, clique aqui – e  em outubro, ela veio e trouxe uma muda de acerola pra plantar aqui em casa.

Arrumamos uma lata grande, preparamos a terra e minha mãe replantou. As folhagens da muda estavam todas verdinhas, coisa mais linda!

Com o passar dos dias as folhas foram caindo, caindo e minha mãe ficou preocupada. Achou que a muda iria morrer, não ia “vingar”, como se diz.

De fato, todas as folhas caíram e ficaram apenas os galhinhos fininhos e secos. Paramos até de molhar e cuidar da planta, porque a tomamos como morta.

Duas semanas atrás, passando pelo corredor, observei que haviam 4 novas folhas naquele galho que parecia seco e sem vida. Nem acreditei e disse: “Olha só quem deu o ar da graça!”

Nesse momento o Espírito Santo falou ao meu coração: “Ela não estava morta, estava aprofundando as raízes…”

Nossa! Nesse momento comecei a refletir no quanto as aparências enganam e no quanto isso acontece com a gente!

Chegam momentos em nossas vidas onde tudo parece que dá errado, tudo conspira contra, você precisa de alguém e não encontra ninguém disponível, você chega a se questionar se está mesmo no caminho certo porque não é possível tanta coisa errada acontecer desse jeito, até que o mais sensato a fazer é sentar e chorar, porque a sensação é que vamos morrer realmente sem conseguir alcançar nossos objetivos.

E pra muitos sim, eles pensam mesmo que não vamos conseguir. Chegam a olhar pra nós com aquele olhar de pena, como quem diz: “Não vai sair disso. Não vai conseguir.”

Mas aquilo que não nos mata, nos fazem mais fortes! É preciso passar por situações adversas pra nos fortalecermos! É preciso aprofundar as raízes!

Um dia, o galho que parecia morto, floresce! Um dia a hora da virada chega!

E nesse dia você entenderá que as mudanças eram necessárias, que as adversidades eram necessárias, que eram necessárias até as pessoas que duvidavam do seu sucesso e te julgavam incapazes. Tudo era necessário para te transformar no que você é hoje! E hoje, não é qualquer coisa que te abala. Não é qualquer coisinha que te derruba!

Se você não desistir mais persistir, uma hora o galho vai florescer! Aproveite esse tempo pra refletir sobre você mesmo e esteja atento as mudanças internas. As verdadeiras mudanças ocorrem de dentro para fora!

As vezes é preciso sair de cena, fazer uma introspecção, concertar o que há de errado por dentro. Tentar entender que nada acontece por acaso, para tudo há um propósito e eu diria que, 99,9999% das vezes é pra nos deixar ainda melhores!

Aprofunde suas raízes. Se fortaleça. Mesmo que para muitos pareça que você está morto.

Um dia o galho vai florescer!

Um grande beijo e até o próximo post!

  • Bruna

    Que linda reflexão.. as vezes da um desânimo mas aí Deus vai e nos mostra o caminho

    fevereiro 15, 2017 at 11:53 am
  • Chama a Juh

    Nossa que lindo, realmente me emocionou . Estamos passando por esse momento por aqui, afundar raízes para florescer forte. Tudo passa e o que ficara sera o aprendizado ❤

    fevereiro 15, 2017 at 11:57 am
  • Jaqueline silva

    Olá flor tudo bem?
    Tem hora que sim, mas eu aprender a nunca desistir e sempre seguir em frente! O seu post traz uma reflexão muito forte parabéns linda.

    fevereiro 15, 2017 at 11:58 am
  • MARIA RAFAELA

    Nossa que mensagem mais linda… dá aquela sensação gostosa que não estamos sozinhos e que não passaremos pelos momentos tristes sozinhos. Obrigado pela mensagem…ainda mais hoje, que ainda estou de luto pelo falecimento de um parente.

    fevereiro 15, 2017 at 12:06 pm
  • Caos Feminino / Mari

    Nossa. Estou desidratada. Acordei tão triste hoje. Tão triste. Eu só disse que não aguentava mais antes de dar qualquer bom dia, porque eu sabia que não teria um. E agora ao ler seu post, eu sinceramente não tenho palavras, porque era tudo que precisava ler… Só pode ser Deus. Obrigada por abrir seu coração e por compartilhar. Obrigada

    fevereiro 15, 2017 at 12:12 pm
  • Lais de paula

    Nossa, é o que eu mais tenho pensado ultimamente. A barra está bem pesada lá em casa. Mas vai passar 💜

    fevereiro 15, 2017 at 12:21 pm
  • Ellen Giovanna

    Isso é verdade, sabe me chamou muita atenção seu post, é bem difícil eu parar pra ler um post, mas esse não sei porque !
    É o agir de Deus!
    A gente não deve nunca desistir, sempre continuar mesmo com essas dificuldades!
    Beijos, Alê!

    fevereiro 15, 2017 at 12:32 pm
  • Karen Apullck

    Que forte e profundo, muita gente precisa ler esse texto maravilhoso. Já pensei várias vezes em desistir de muita coisa, mas estou sendo paciente, um dia o galho vai florescer sim, fé!
    Beijos e sucesso!

    https://porfavorkaren.blogspot.com.br

    fevereiro 15, 2017 at 12:48 pm
  • mica mercês

    Que texto maravilhoso! Me fez refletir pois ja parei no meio do caminho várias vezes e é um dos meus maiores arrependimentos.

    fevereiro 15, 2017 at 12:48 pm
  • Tribo RafaBlue

    Gostei muito! Sempre tem dias que estamos mais pra baixo, mas o negócio é não desistir e pensar que dias melhores virão

    fevereiro 16, 2017 at 6:02 pm
  • Ane Ossanes

    Lindo texto que nos leva a uma profunda reflexão. “Ela não estava morta, estava aprofundando as raízes…” adorei, vou guardar com carinho essa frase. Parabéns pelo texto.

    fevereiro 17, 2017 at 1:27 pm
  • Kerol enny

    É sempre assim as vezes nos entregamos por coisas poucas e deixamos que ela tome uma proporção enorme em nossas vidas , e quando percebemos já estamos no fundo até demais ! Eu estou passando por uma fase assim e tô tentando não fraquejar mais ! Amei seu post ! Precisava ler isso.

    fevereiro 17, 2017 at 4:17 pm
  • Fala Paulinha

    Essa reflexão veio no momento certo para mim 😀 Obrigada por cada palavra!

    fevereiro 17, 2017 at 4:38 pm